quinta-feira, 20 de julho de 2017

* LITURGIA DIÁRIA DO DAI 20 DE JULHO DE 2017

15ª Semana do Tempo Comum - Quinta-feira 20/07/2017

Primeira Leitura (Êx 3,13-20)
Leitura do Livro do Êxodo.
Naqueles dias, ouvindo a voz do Senhor no meio da sarça, 13Moisés disse a Deus: “Sim, eu irei aos filhos de Israel e lhes direi: ‘O Deus de vossos pais enviou-me a vós’. Mas, se eles perguntarem: ‘Qual é o seu nome?’ o que lhes devo responder?”
14Deus disse a Moisés: “Eu sou aquele que sou”. E acrescentou: “Assim responderás aos filhos de Israel: ‘Eu sou enviou-me a vós’”.
15E Deus disse ainda a Moisés: “Assim dirás aos filhos de Israel: ‘O Senhor, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó, enviou-me a vós’. Este é o meu nome para sempre, e assim serei lembrado de geração em geração. 16Vai, reúne os anciãos de Israel e dize-lhes: ‘O Senhor, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó, apareceu-me, dizendo: Eu vos visitei e vi tudo o que vos sucede no Egito. 17E decidi tirar-vos da opressão do Egito e conduzir-vos à terra dos cananeus, dos hititas, dos amorreus, dos ferezeus, dos heveus e dos jebuseus, a uma terra onde corre leite e mel.
18Eles te escutarão e tu, com os anciãos de Israel, irás ao rei do Egito e lhe direis: O Senhor, o Deus dos hebreus, veio ao nosso encontro. E, agora, temos de ir, a três dias de marcha no deserto, para oferecermos sacrifícios ao Senhor nosso Deus’.
19Eu sei, no entanto, que o rei do Egito não vos deixará partir, se não for obrigado por mão forte. 20Por isso, estenderei minha mão e castigarei o Egito com toda a sorte de prodígios que vou realizar no meio deles. Depois disso, o rei do Egito vos deixará partir”.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

SALMO 104,1.5-27
Responsório (Sl 104,1.5-27)
— O Senhor se lembra sempre da Aliança.
— O Senhor se lembra sempre da Aliança.
— Dai graças ao Senhor, gritai seu nome, anunciai entre as nações seus grandes feitos! Lembrai as maravilhas que ele fez, seus prodígios e as palavras de seus lábios!
— Ele sempre se recorda da Aliança, promulgada a incontáveis gerações; da Aliança que ele fez com Abraão, e do seu santo juramento a Isaac.
— Deus deu um grande crescimento a seu povo e o fez mais forte que os próprios opressores. Ele mudou seus corações para odiá-lo, e trataram com má-fé seus servidores.
— Então mandou Moisés, seu mensageiro, e igualmente Aarão, seu escolhido; por meio deles realizou muitos prodígios e, na terra do Egito, maravilhas.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Evangelho (Mt 11,28-30)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, tomou Jesus a palavra e disse: 28 “Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso.
29Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso. 30Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

SANTO DO DIA 
20 DE JULHO

Santo Aurélio destacava-se pela caridade, zêlo e pureza de vida

Santo Aurélio era chamado por todos de “Santo Papa Aurélio”

Santo AurélioA Igreja da África, durante os anos de 392 até 429, foi agraciada com o governo santo do primeiro Bispo de Cartago, que santificou-se tornando seu povo também santo. Santo Aurélio nasceu no século IV e desde diácono se destacava pela caridade, zelo, pureza de vida e pelo culto da Liturgia.
O grande Aurélio esteve como Bispo responsável por toda uma região e todos o chamavam – por respeito – de “Santo Papa Aurélio”. Não possuía grandes dotes intelectuais, porém, na Providência Divina, tinha grande amizade com o sábio e Bispo de Hipona: Santo Agostinho. Unido ao Doutor da Graça, pôde combater a autossuficiência do Pelagianismo e outras heresias que encontraram a condenação no seu tempo.
Muito do que sabemos hoje de Santo Aurélio foi o próprio Santo Agostinho quem informou, pois este admirava a prudência, a piedade e a humildade deste pastor e pai, que tudo fazia pela salvação das almas e pureza da doutrina cristã. Santo Aurélio passou da Igreja militante, para a Igreja triunfante pouco tempo antes de Santo Agostinho, isto em 429.

Santo Aurélio, rogai por nós!


IGREJA SÃO JOSÉ MANDACARU

domingo, 16 de julho de 2017

* Liturgia Diária do dia 16 de julho de 2017


15º Domingo Comum - 16/07/2017

Primeira Leitura (Is 55,10-11)
Leitura do Livro do Profeta Isaías:
Isto diz o Senhor: 10“Assim como a chuva e a neve descem do céu e para lá não voltam mais, mas vêm irrigar e fecundar a terra, e fazê-la germinar e dar semente, para o plantio e para a alimentação, 11assim a palavra que sair de minha boca: não voltará para mim vazia; antes, realizará tudo que for de minha vontade e produzirá os efeitos que pretendi, ao enviá-la”. 

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 SALMO 64
Responsório (Sl 64)
— A semente caiu em terra boa e deu fruto.
— A semente caiu em terra boa e deu fruto.
— Visitais a nossa terra com as chuvas,/ e transborda de fartura./ Rios de Deus que vêm do céu derramam águas,/ e preparais o nosso trigo.
— É assim que preparais a nossa terra:/ vós a regais e aplainais,/ os seus sulcos com a chuva amoleceis/ e abençoais as sementeiras.
— O ano todo coroais com vossos dons,/ os vossos passos são fecundos;/ transborda a fartura onde passais,/ brotam pastos no deserto.
— As colinas se enfeitam de alegria,/ e os campos, de rebanhos;/ nossos vales se revestem de trigais:/ tudo canta de alegria!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Segunda Leitura (Rm 8,18-23)
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos:
Irmãos: 18Eu entendo que os sofrimentos do tempo presente nem merecem ser comparados com a glória que deve ser revelada em nós.
19De fato, toda a criação está esperando ansiosamente o momento de se revelarem os filhos de Deus. 20Pois a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua livre vontade, mas por sua dependência daquele que a sujeitou; 21também ela espera ser libertada da escravidão da corrupção e, assim, participar da liberdade e da glória dos filhos de Deus.
22Com efeito, sabemos que toda a criação, até o tempo presente, está gemendo como que em dores de parto. 23E não somente ela, mas nós também, que temos os primeiros frutos do Espírito,estamos interiormente gemendo, aguardando a adoção filial e a libertação para o nosso corpo.

- Palavra do Senhor.
  - Graças a Deus.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Anúncio do Evangelho (Mt 13,1-23)
— O Senhor esteja convosco.
Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
Glória a vós, Senhor.
1Naquele dia, Jesus saiu de casa e foi sentar-se às margens do mar da Galileia.
2Uma grande multidão reuniu-se em volta dele. Por isso, Jesus entrou numa barca e sentou-se, enquanto a multidão ficava de pé, na praia.
3E disse-lhes muitas coisas em parábolas: “O semeador saiu para semear. 4Enquanto semeava, algumas sementes caíram à beira do caminho, e os pássaros vieram e as comeram.
5Outras sementes caíram em terreno pedregoso, onde não havia muita terra. As sementes logo brotaram, porque a terra não era profunda. 6Mas, quando o sol apareceu, as plantas ficaram queimadas e secaram, porque não tinham raiz.
7Outras sementes caíram no meio dos espinhos. Os espinhos cresceram e sufocaram as plantas.
8Outras sementes, porém, caíram em terra boa, e produziram à base de cem, de sessenta e de trinta frutos por semente. 9Quem tem ouvidos, ouça!”
10Os discípulos aproximaram-se e disseram a Jesus: “Por que falas ao povo em parábolas?”
11Jesus respondeu: “Porque a vós foi dado o conhecimento dos mistérios do Reino dos Céus, mas a eles não é dado. 12Pois à pessoa que tem será dado ainda mais, e terá em abundância; mas à pessoa que não tem será tirado até o pouco que tem.
13É por isso que eu lhes falo em parábolas: porque olhando, eles não veem, e ouvindo, eles não escutam nem compreendem. 14Desse modo se cumpre neles a profecia de Isaías: ‘Havereis de ouvir, sem nada entender. Havereis de olhar, sem nada ver. 15Porque o coração deste povo se tornou insensível. Eles ouviram com má vontade e fecharam seus olhos, para não ver com os olhos, nem ouvir com os ouvidos, nem compreender com o coração, de modo que se convertam e eu os cure’.
16Felizes sois vós, porque vossos olhos veem e vossos ouvidos ouvem. 17Em verdade vos digo, muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes, e não viram, desejaram ouvir o que ouvis, e não ouviram.
18Ouvi, portanto, a parábola do semeador: 19Todo aquele que ouve a palavra do Reino e não a compreende, vem o Maligno e rouba o que foi semeado em seu coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho.
20A semente que caiu em terreno pedregoso é aquele que ouve a palavra e logo a recebe com alegria; 21mas ele não tem raiz em si mesmo, é de momento; quando chega o sofrimento ou a perseguição, por causa da palavra, ele desiste logo.
22A semente que caiu no meio dos espinhos é aquele que ouve a palavra, mas as preocupações do mundo e a ilusão da riqueza sufocam a palavra, e ele não dá fruto.
23A semente que caiu em terra boa é aquele que ouve a palavra e a compreende. Esse produz fruto. Um dá cem, outro sessenta e outro trinta”.


— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia Dominical com Padre Paulo Ricardo 16/07/2017

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

16 DE JULHO

Nossa Senhora do Carmo

Devemos colocar em primeiro lugar a devoção do escapulário de Nossa Senhora do Carmo

Nossa Senhora do CarmoAo olharmos para a história da Igreja encontramos uma linda página marcada pelos homens de Deus, mas também pela dor, fervor e amor à Virgem Mãe de Deus: é a história da Ordem dos Carmelitas, da qual testemunha o cardeal Piazza: “O Carmo existe para Maria e Maria é tudo para o Carmelo, na sua origem e na sua história, na sua vida de lutas e de triunfos, na sua vida interior e espiritual”.
Carmelo (em hebraico, “carmo” significa vinha; e “elo” significa senhor; portanto, “Vinha do Senhor”): este nome nos aponta para a famosa montanha que fica na Palestina, donde o profeta Elias e o sucessor Elizeu fizeram história com Deus e com Nossa Senhora, que foi prefigurada pelo primeiro numa pequena nuvem (cf. I Rs 18,20-45).
Estes profetas foram “participantes” da Obra Carmelita, que só vingou devido à intervenção de Maria, pois a parte dos monges do Carmelo que sobreviveram (século XII) da perseguição dos muçulmanos, chegaram fugidos na Europa e elegeram São Simão Stock como seu superior geral; este, por sua vez, estava no dia 16 de julho intercedendo com o Terço, quando Nossa Senhora apareceu com um escapulário na mão e disse-lhe: “Recebe, meu filho, este escapulário da tua Ordem, que será o penhor do privilégio que eu alcancei para ti e para todos os filhos do Carmo. Todo o que morrer com este escapulário será preservado do fogo eterno”.
Vários Papas promoveram o uso do escapulário e Pio XII chegou a escrever: “Devemos colocar em primeiro lugar a devoção do escapulário de Nossa Senhora do Carmo – e ainda – escapulário não é ‘carta-branca’ para pecar; é uma ‘lembrança’ para viver de maneira cristã, e assim, alcançar a graça duma boa morte”.
Neste dia de Nossa Senhora do Carmo, não há como não falar da história dos Carmelitas e do escapulário, pois onde estão os filhos aí está a amorosa Mãe.
Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


TRANSMISSÃO AO VIVO 
DA
 SANTA MISSA DO DÉCIMO QUINTO DOMINGO DO TEMPO COMUM 
 IGREJA SÃO JOSÉ EM MANDACARU - CELEBRANTE: PADRE JOÃO BOSCO


IGREJA SÃO JOSÉ MANDACARU

sábado, 15 de julho de 2017

* LITURGIA DIÁRIA - - Sábado 15/07/2017

 14ª Semana do Tempo Comum

Primeira Leitura (Gn 49,29-32; 50,15-26a)
Leitura do Livro do Gênesis.
Naqueles dias, Jacó transmitiu as suas ordens a seus filhos, dizendo: 49,29“Eu vou juntar-me ao meu povo; sepultai-me com meus pais na gruta de Macpela, que está no campo de Efron, o hitita, 30defronte de Mambré, no país de Canaã. É a gruta que Abraão comprou a Efron, o hitita, junto com o campo, como propriedade funerária. 31Lá foram sepultados Abraão e Sara, sua mulher, ali se sepultaram também Isaac e sua mulher Rebeca; e foi lá que sepultei Lia”.
32Quando Jacó acabou de dar suas instruções aos filhos, recolheu os pés sobre a cama e morreu; e foi reunido aos seus. 50,15Ao verem que seu pai tinha morrido, os irmãos de José disseram entre si: “Não aconteça que José se lembre da injúria que padeceu, e nos faça pagar todo o mal que lhe fizemos”.
16E mandaram dizer-lhe: “Teu pai, antes de morrer, ordenou-nos 17que te disséssemos estas palavras: ‘Peço-te que esqueças o crime de teus irmãos, e o pecado e a maldade que usaram contra ti’. Nós pedimos, pois, que perdoes o crime dos servos do Deus de teu pai”.
Ouvindo isto, José pôs-se a chorar. 18Vieram seus irmãos e prostraram-se diante dele, dizendo: “Somos teus servos”. 19Ele respondeu: “Não tenhais medo. Sou eu, porventura, Deus? 20Vós pensastes fazer mal contra mim. Deus, porém, converteu-o em bem, para dar vida a um povo numeroso, como vedes presentemente. 21Não temais: eu vos sustentarei e a vossos filhos”.
E assim os consolou, falando-lhes com doçura e mansidão. 22E José ficou morando no Egito, com toda a família de seu pai, e viveu cento e dez anos. 23José viu os filhos de Efraim até a terceira geração, e os filhos de Maquir, filho de Manassés, que José também recebeu sobre seus joelhos.
24José disse a seus irmãos: “Eu vou morrer. Deus vos visitará e vos fará subir deste país para a terra que ele jurou dar a Abraão, Isaac e Jacó”. 25Depois de tê-los feito jurar e de ter dito: ‘Quando Deus vos visitar, levai daqui os meus ossos convosco’, 26aJosé morreu, completando cento e dez anos de vida.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

SALMO 104,1-7

Responsório (Sl 104,1-7)
— Humildes, procurai o Senhor Deus, e o vosso coração reviverá.
— Humildes, procurai o Senhor Deus, e o vosso coração reviverá.
— Dai graças ao Senhor, gritai seu nome, anunciai entre as nações seus grandes feitos. Cantai, entoai salmos para ele, publicai todas as suas maravilhas.
— Gloriai-vos em seu nome que é santo, exulte o coração que busca a Deus. Procurai o Senhor Deus e seu poder, buscai constantemente a sua face.
— Descendentes de Abraão, seu servidor, e filhos de Jacó, seu escolhido, ele mesmo, o Senhor, é nosso Deus, vigoram suas leis em toda a terra.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Evangelho (Mt 10,24-33)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 24“O discípulo não está acima do mestre, nem o servo acima do seu senhor. 25Para o discípulo, basta ser como o seu mestre, e para o servo, ser como o seu senhor. Se ao dono da casa eles chamaram de Belzebu, quanto mais aos seus familiares!
26Não tenhais medo deles, pois nada há de encoberto que não seja revelado, e nada há de escondido que não seja conhecido. 27O que vos digo na escuridão, dizei-o à luz do dia; o que escutais ao pé do ouvido, proclamai-o sobre os telhados! 28Não tenhais medo daqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma! Pelo contrário, temei aquele que pode destruir a alma e o corpo no inferno!
29Não se vendem dois pardais por algumas moedas? No entanto, nenhum deles cai no chão sem o consentimento do vosso Pai. 30Quanto a vós, até os cabelos da cabeça estão todos contados. 31Não tenhais medo! Vós valeis mais do que muitos pardais.
32Portanto, todo aquele que se declarar a meu favor diante dos homens, também eu me declararei em favor dele diante do meu Pai que está nos céus. 33Aquele, porém, que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante do meu Pai que está nos céus.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

SANTO DO DIA 
15 DE JULHO

São Boaventura - bispo e reconhecido doutor da Igreja de Cristo

São Boaventura era um homem de muita ciência, porém, de maior humildade e conhecimento de Deus

São BoaventuraO santo de hoje foi bispo e reconhecido doutor da Igreja do Cristo que chamou pescadores e camponeses para segui-lo no carisma de Francisco de Assis, mas também homens cultos e de ciência. São Boaventura era um destes homens de muita ciência, porém, de maior humildade e conhecimento de Deus, por isto registrou o que vivia.
Escreve ele: “Não basta a leitura sem a unção, não basta a especulação sem a devoção, não basta a pesquisa sem maravilhar-se; não basta a circunspecção sem o júbilo, o trabalho sem a piedade, a ciência sem a caridade, a inteligência sem a humildade, o estudo sem a graça”.
Boaventura nasceu no centro da Itália em 1218, e ao ficar muito doente recebeu a cura por meio de uma oração feita por São Francisco de Assis, que percebendo a graça tomou-o nos braços e disse: “Ó, boa ventura!”. Entrou na Ordem Franciscana e, pela mortificação dos sentidos e muita oração, exerceu sua vocação franciscana e sacerdócio na santidade, a ponto do seu mestre qualificar-lhe assim: “Parece que o pecado original nele não achou lugar”.
São Boaventura, antes de se destacar como santo bispo, já chamava – sem querer – a atenção pela sua cultura e ciência teológica, por isso, ao lado de Santo Alberto Magno e Santo Tomás de Aquino, caracterizaram o século XIII como o tempo de sínteses teológicas.
Certa vez, um frei lhe perguntou se poderia salvar-se, já que desconhecia a ciência teológica; a resposta do santo não foi outra: “Se Deus dá ao homem somente a graça de poder amá-Lo isso basta… Uma simples velhinha poderá amar a Deus mais que um professor de teologia”. O Doutor Seráfico, assumiu muitas responsabilidades, como ministro geral da Ordem Franciscana, bispo, arcebispo, até que depois de tanto trabalhar, ganhou com 56 anos o repouso no céu.
São Boaventura, rogai por nós!
 

IGREJA SÃO JOSÉ MANDACARU

quinta-feira, 13 de julho de 2017

* Liturgia Diária - 13/07/2017

 14ª Semana do Tempo Comum - Quinta-feira 

Primeira Leitura (Gn 44,18-21.23b-29;45,1-5)
Leitura do Livro do Gênesis.
Naqueles dias, 18Judá aproximou-se de José e, cheio de ânimo, disse: “Perdão, meu Senhor, permite a teu servo falar com toda a franqueza, sem que se acenda a tua cólera contra mim. Afinal, tu és como um faraó! 19Foi meu Senhor quem perguntou a seus servos: ‘Ainda tendes pai ou algum outro irmão?’ 20E nós respondemos ao meu senhor: ‘Temos um pai já velho e um menino nascido em sua velhice, cujo irmão morreu; é o único filho de sua mãe que resta, e seu pai o ama com muita ternura’. 21E tu disseste a teus servos: ‘Trazei-o a mim, para que eu possa vê-lo. 23bSe não vier convosco o vosso irmão mais novo, não vereis mais a minha face’.
24Quando, pois, voltamos para junto de teu servo, nosso pai, contamos tudo o que o meu senhor tinha dito. 25Mais tarde disse-nos nosso pai: ‘Voltai e comprai para nós algum trigo’. 26E nós lhe respondemos: ‘Não podemos ir, a não ser que o nosso irmão mais novo vá conosco. De outra maneira, sem ele, não nos podemos apresentar àquele homem’. 27E o teu servo, nosso pai, respondeu: ‘Bem sabeis que minha mulher me deu apenas dois filhos. 28Um deles saiu de casa e eu disse: um animal feroz o devorou! E até agora não apareceu. 29Se me levardes também este, e lhe acontecer alguma desgraça no caminho, fareis descer de desgosto meus cabelos brancos à morada dos mortos’”.
45,1Então José não pôde mais conter-se diante de todos os que o rodeavam e gritou: “Mandai sair toda a gente!” E, assim, não ficou mais ninguém com ele, quando se deu a conhecer aos irmãos. 2José rompeu num choro tão forte, que os egípcios ouviram e toda a casa do Faraó. 3E José disse a seus irmãos: “Eu sou José! Meu pai ainda vive?” Mas os irmãos não podiam responder-lhe nada, pois foram tomados de um enorme terror. 4Ele, porém, cheio de clemência, lhes disse: “Aproximai-vos de mim”. Tendo-se eles aproximado, disse: “Eu sou José, vosso irmão, a quem vendestes para o Egito. 5Entretanto, não vos aflijais, nem vos atormenteis, por me terdes vendido a este país. Porque foi para a vossa salvação que Deus me mandou adiante de vós, para o Egito”.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 SALMO  104,16-21

Responsório (Sl 104,16-21)
— Lembrai as maravilhas do Senhor!
— Lembrai as maravilhas do Senhor!
— Mandou vir, então, a fome sobre a terra e os privou de todo pão que os sustentava; um homem enviara à sua frente, José que foi vendido como escravo.
— Apertaram os seus pés entre grilhões e amarraram seu pescoço com correntes, até que se cumprisse o que previra, e a palavra do Senhor lhe deu razão.
— Ordenou, então, o rei que o libertassem, o soberano das nações mandou soltá-lo; fez dele o senhor de sua casa, e de todos os seus bens o despenseiro.

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 Evangelho (Mt 10,7-15)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 7“Em vosso caminho, anunciai: ‘O Reino dos Céus está próximo’. 8Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios. De graça recebestes, de graça deveis dar!
9Não leveis ouro nem prata nem dinheiro nos vossos cintos; 10nem sacola para o caminho, nem duas túnicas nem sandálias nem bastão, porque o operário tem direito a seu sustento. 11Em qualquer cidade ou povoado onde entrardes, informai-vos para saber quem ali seja digno. Hospedai-vos com ele até a vossa partida.
12Ao entrardes numa casa, saudai-a. 13Se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; se ela não for digna, volte para vós a vossa paz. 14Se alguém não os receber, nem escutar vossa palavra, saí daquela casa ou daquela cidade, e sacudi a poeira dos vossos pés. 15Em verdade vos digo, as cidades de Sodoma e Gomorra serão tratadas com menos dureza do que aquela cidade, no dia do juízo.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------

SANTO DO DIA
13 DE JULHO

Henrique e Cunegundes viveram uma perfeita harmonia de afetos, projetos e ideais de santidade

Santo Henrique e Santa CunegundesMuitos acusam a Idade Média como um “tempo de trevas” na História, e não tem como não pensar nisto se não abrirmos os olhos e olharmos para o alto, pois neste lugar é que se encontram as luzes deste período, ou seja, os inúmeros santos e santas.
Henrique e Cunegundes fazem parte deste “lustre”, pois viveram uma perfeita harmonia de afetos, projetos e ideais de santidade.
Henrique era filho de duque e nasceu num castelo na Alemanha em 973. Pertencia à uma família santa e por isso foi educado também por cônegos e, mais tarde, pelo bispo de Ratisbona, adquirindo assim toda uma especial formação cristã.
Conta-se que espiritualmente ele preparou-se intensamente para assumir o trono da Alemanha, mas isto sem saber, pois ainda jovem sonhara com estas breves palavras: “Entre seis”; e com isto interpretou primeiramente que teria seis dias antes de morrer, mas, como não aconteceu, preparou-se em vista de seis meses e em seguida seis anos até, por Providência, assumir o reinado.
No caso de Henrique o adágio de que “por trás de um grande homem está uma grande mulher” funcionou, pois casou-se com a princesa de Luxemburgo, Cunegundes, uma mulher de muitas virtudes e inúmeros dons ao ponto de ajudar por 27 anos seu esposo na organização do império e implantação do Reino de Deus.
Com a morte de Henrique II e seu reconhecimento de santidade, Cunegundes foi morar num mosteiro, onde cortou o cabelo, vestiu hábito pobre e passou a obedecer suas superioras até ir ao encontro de Henrique no céu, isto quando tinha 61 anos.
Sendo assim, ambos morreram sob a coroa de Sacro Romano no império terrestre e a coroa da Glória no império celeste.
Santo Henrique e Santa Cunegundes, rogai por nós!

IGREJA SÃO JOSÉ MANDACARU

quarta-feira, 12 de julho de 2017

* LITURGIA DIÁRIA DO 12 DE JULHO DE 2017

 14ª Semana do Tempo Comum - Quarta-feira 12/07/2017  

Primeira Leitura (Gn 41,55-57;42,5-7a.17-24a)
Leitura do Livro do Gênesis.
41,55Naqueles dias, todo o Egito começou a sentir fome, e o povo clamou ao Faraó, pedindo alimento. E ele respondeu-lhe: “Dirigi-vos a José e fazei o que ele vos disser”.
56Quando a fome se estendeu a todo o país, José abriu os celeiros e vendeu trigo aos egípcios, porque a fome também os oprimia. 57De todas as nações vinham ao Egito comprar alimento, pois a fome era dura em toda a terra.
42,5Os filhos de Israel entraram na terra do Egito com outros que também iam comprar trigo, pois havia fome em Canaã. 6José era governador na terra do Egito e, conforme a sua vontade, se vendia trigo à população.
Chegando os irmãos de José, prostraram-se diante dele com o rosto em terra. 7aAo ver seus irmãos, José os reconheceu. 17E mandou metê-los na prisão durante três dias. 18E, no terceiro dia, disse-lhes: “Fazei o que já vos disse e vivereis, pois eu temo a Deus. 19Se sois sinceros, fique um dos irmãos preso aqui no cárcere, e vós outros ide levar para vossas casas o trigo que comprastes. 20Mas trazei-me o vosso irmão mais novo, para que eu possa provar a verdade de vossas palavras, e não morrerdes”.
Eles fizeram como José lhes tinha dito. 21E diziam uns aos outros: “Sofremos justamente estas coisas, porque pecamos contra o nosso irmão: vimos a sua angústia quando nos pedia compaixão, e não o atendemos. É por isso que nos veio esta tribulação”.
22Rúben disse-lhes: “Não vos adverti dizendo: ‘Não pequeis contra o menino?’ E vós não me escutastes. E agora nos pedem conta do seu sangue”. 23Ora, eles não sabiam que José os entendia, pois lhes falava por meio de intérprete. 24aEntão, José afastou-se deles e chorou.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
SALMO 32

Responsório (Sl 32)
— Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, da mesma forma que em vós nós esperamos!
— Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, da mesma forma que em vós nós esperamos!
— Dai graças ao Senhor ao som da harpa, na lira de dez cordas celebrai-o! Cantai para o Senhor um canto novo, com arte sustentai a louvação!
— O Senhor desfaz os planos das nações e os projetos que os povos se propõem. Mas os desígnios do Senhor são para sempre, e os pensamentos que ele traz no coração, de geração em geração, vão perdurar.
— Mas o Senhor pousa o olhar sobre os que o temem, e que confiam esperando em seu amor, para da morte libertar as suas vidas e alimentá-los quando é tempo de penúria.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Evangelho (Mt 10,1-7)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 1Jesus chamou os doze discípulos e deu-lhes poder de expulsar os espíritos maus e de curar todo tipo de doença e enfermidade. 2Estes são os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João; 3Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o cobrador de impostos; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu; 4Simão, o Zelota, e Judas Iscariotes, que foi o traidor de Jesus.
5Jesus enviou estes Doze, com as seguintes recomendações: “Não deveis ir aonde moram os pagãos, nem entrar nas cidades dos samaritanos! 6Ide, antes, às ovelhas perdidas da casa de Israel! 7Em vosso caminho, anunciai: ‘O Reino dos Céus está próximo’”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
SANTO DO DIA
12 DE JULHO

São João Gualberto, tornou-se pai dos monges e modelo

São João Gualberto, tornou-se pai do monges e modelo

São João GualbertoCom muita alegria nos deparamos com a santidade de vida de São João Gualberto, que pertenceu a uma nobre família de Florença, a qual muito bem o educou na cultura, porém, deixou falhas no essencial, ou seja, na vida religiosa. Por isso, facilmente, ele foi se entregando às liberdades perigosas e às vaidades do mundo.
Aconteceu que, com o assassinato do seu irmão, João Gualberto – como o pai – revoltou-se a ponto de jurar o causador de morte; mas um certo dia, numa estreita estrada, Gualberto encontrou-se com o assassino desarmado, por isso arrancou sua espada para vingar o irmão, quando de repente a súplica: “Por amor de Jesus que neste dia morreu por nós, tem piedade de mim, não me mates!”.
Era uma Sexta-feira Santa, e assim, tocado pela misericórdia de Deus, João Gualberto não só acolheu o malvado com seu perdão, mas também ao entrar numa igreja, recebeu aos pés do Crucificado a graça do perdão e a vida nova.
No processo de conversão de São João Gualberto, Deus o encaminhou à vida religiosa, à vida eremítica e depois à fundação de uma nova Ordem, chamada de Vallombrosa, na qual São João Gualberto tornou-se pai do monges e modelo, já que, antes de entrar na Vida Eterna em 1073, com 73 anos partilhou para os irmãos: “Quando quiserem eleger um abade, escolham entre os irmãos o mais humilde, o mais doce, o mais mortificado”.
São João Gualberto, rogai por nós!

IGREJA SÃO JOSÉ MANDACARU

terça-feira, 11 de julho de 2017

* LITURGIA DIÁRIA Terça-feira 11/07/2017

 14ª Semana do Tempo Comum -  
Primeira Leitura (Gn 32,23-33)
Leitura do Livro do Gênesis.
Naqueles dias, 23Jacó levantou-se ainda de noite, tomou suas duas mulheres, as duas escravas e os onze filhos e passou o vau do Jaboc. 24Depois de tê-los ajudado a passar a lutar com ele até o raiar da aurora.
26Vendo que não podia vencê-lo, este tocou-lhe o nervo da coxa e logo o tendão da coxa de Jacó se deslocou, enquanto lutava com ele. 27O homem disse a Jacó: “Larga-me, pois já surge a aurora”. Mas Jacó respondeu: “Não te largarei, se não me abençoares”. 28O homem perguntou-lhe: “Qual é o teu nome?” Respondeu: “Jacó”. 29Ele lhe disse: “De modo algum te chamarás Jacó, mas Israel; porque lutaste com Deus e com os homens, e venceste”. 30Perguntou-lhe Jacó: “Dize-me, por favor, o teu nome”. Ele respondeu: “Por que perguntas-me o meu nome?” E ali mesmo o abençoou. 31Jacó deu a esse lugar o nome de Fanuel, dizendo: “Vi Deus face a face e tive poupada a minha vida”.
32Surgiu o sol quando ele atravessava Fanuel; e ia mancando por causa da coxa. 33Por isso os filhos de Israel não comem até hoje o nervo da articulação da coxa, pois Jacó foi ferido nesse nervo.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

SALMO 16
Responsório (Sl 16)
— Verei, justificado, vossa face, ó Senhor!
— Verei, justificado, vossa face, ó Senhor!
— Ó Senhor, ouvi a minha justa causa, escutai-me e atendei o meu clamor! Inclinai o vosso ouvido à minha prece, pois não existe falsidade nos meus lábios.
— De vossa face é que me venha o julgamento, pois vossos olhos sabem ver o que é justo. Provai meu coração durante a noite, visitai-o, examinai-o pelo fogo, mas em mim não achareis iniquidade.
— Eu vos chamo, ó meu Deus, porque me ouvis, inclinai-me o vosso ouvido e escutai-me! Mostrai-me vosso amor maravilhoso, vós que salvais e libertais do inimigo quem procura a proteção junto de vós.
— Protegei-me qual dos olhos a pupila e guardai-me, à proteção de vossas asas. Mas eu verei, justificado, a vossa face e ao despertar me saciará vossa presença.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Evangelho (Mt 9,32-38)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 32apresentaram a Jesus um homem mudo, que estava possuído pelo demônio. 33Quando o demônio foi expulso, o mudo começou a falar. As multidões ficaram admiradas e diziam: “Nunca se viu coisa igual em Israel”. 34Os fariseus, porém, diziam: “É pelo chefe dos demônios que ele expulsa os demônios”.
35Jesus percorria todas as cidades e povoados, ensinando em suas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino, e curando todo o tipo de doença e enfermidade. 36Vendo Jesus as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam cansadas e abatidas, como ovelhas que não têm pastor. Então disse a seus discípulos: 37“A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. 38Pedi pois ao dono da messe que envie trabalhadores para a sua colheita!”

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 SANTO DO DIA 11 DE JULHO


São Bento, vida de oração e meditação

São Bento dedicou-se à vida de oração, meditação e aos diversos exercícios para a santidade

São BentoAbade vem de “Abbá”, que significa pai, e isto o santo de hoje bem soube ser do monaquismo ocidental. São Bento nasceu em Núrcia, próximo de Roma, em 480, numa nobre família que o enviou para estudar na Cidade Eterna, no período de decadência do Império.
Diante da decadência – também moral e espiritual – o jovem Bento abandonou todos os projetos humanos para se retirar nas montanhas da Úmbria, onde dedicou-se à vida de oração, meditação e aos diversos exercícios para a santidade. Depois de três anos numa retirada gruta, passou a atrair outros que se tornaram discípulos de Cristo pelos passos traçados por ele, que buscou nas Regras de São Pacômio e de São Basílio uma maneira ocidental e romana de vida monástica. Foi assim que nasceu o famoso mosteiro de Monte Cassino.
A Regra Beneditina, devido a sua eficácia de inspiração que formava cristãos santos por meio do seguimento dos ensinamentos de Jesus e da prática dos Mandamentos e conselhos evangélicos, logo encantou e dominou a Europa, principalmente com a máxima “Ora et labora”. Para São Bento a vida comunitária facilitaria a vivência da Regra, pois dela depende o total equilíbrio psicológico; desta maneira os inúmeros mosteiros, que enriqueceram o Cristianismo no Ocidente, tornaram-se faróis de evangelização, ciência, escolas de agricultura, entre outras, isso até mesmo depois de São Bento ter entrado no céu com 67 anos.
São Bento, rogai por nós!

IGREJA SÃO JOSÉ MANDACARU

domingo, 9 de julho de 2017

* LITURGIA DIÁRIA - 09 jul 2017 14º Domingo Comum - 09/07/2017

 Primeira Leitura (Zc 9,9-10)
Leitura da Profecia de Zacarias:
Assim diz o Senhor: 9“Exulta, cidade de Sião! Rejubila, cidade de Jerusalém! Eis que vem teu rei ao teu encontro; ele é justo, ele salva; é humilde e vem montado num jumento, um potro, cria da jumenta.
10Eliminará os carros de Efraim, os cavalos de Jerusalém; ele quebrará o arco de guerreiro, anunciará a paz às nações. Seu domínio se estenderá de um mar a outro mar, e desde o rio até os confins da terra”.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------
SALMO 144

Responsório (Sl 144)
— Bendirei, eternamente, vosso nome, ó Senhor!
— Bendirei, eternamente, vosso nome, ó Senhor!
— Ó meu Deus, quero exaltar-vos, ó meu Rei,/ e bendizer o vosso nome pelos séculos./ Todos os dias haverei de bendizer-vos,/ hei de louvar o vosso nome para sempre.
— Misericórdia e piedade é o Senhor,/ ele é amor, é paciência, é compaixão./ O Senhor é muito bom para com todos,/ sua ternura abraça toda criatura.
— Que vossas obras, ó Senhor, vos glorifiquem,/ e os vossos santos com louvores vos bendigam!/ Narrem a glória e o esplendor do vosso reino/ e saibam proclamar vosso poder!
— O Senhor é amor fiel em sua palavra,/ é santidade em toda obra que ele faz./ Ele sustenta todo aquele que vacila/ e levanta todo aquele que tombou.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Segunda Leitura (Rm 8,9.11-13)
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos:
Irmãos: 9Vós não viveis segundo a carne, mas segundo o espírito, se realmente o Espírito de Deus mora em vós. Se alguém não tem o Espírito de Cristo, não pertence a Cristo.
11E, se o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos mora em vós, então aquele que ressuscitou Jesus Cristo dentre os mortos vivificará também vossos corpos mortais por meio do seu Espírito que mora em vós.
12Portanto, irmãos, temos uma dívida, mas não para com a carne, para vivermos segundo a carne. 13Pois, se viverdes segundo a carne, morrereis, mas se, pelo Espírito, matardes o procedimento carnal, então vivereis.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Anúncio do Evangelho (Mt 11,25-30)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, Jesus pôs-se a dizer: 25“Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos. 26Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado.
27Tudo me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
28Vinde a mim, todos vós, que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso. 29Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso. 30Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

SANTO DO DIA 09 DE JULHO

Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus

Santa Paulina, antes de entrar para a vida consagrada, dedicou-se religiosamente em cuidar de uma senhora com câncer

Santa Paulina do Coração Agonizante de JesusHoje comemoramos a santidade de vida da naturalizada brasileira Amábile Lúcia Visintainer que nasceu no ano de 1865 e partiu para a Glória em 1942. Nascida em Vigolo Vattaro (Itália), com apenas 10 anos de idade emigrou com seus pais para o Brasil dirigindo-se para o Estado de Santa Catarina, no sul do país.
Santa Paulina, antes de entrar para a vida consagrada, dedicou-se religiosamente em cuidar de uma senhora com câncer e a partir desta experiência caridosa deu-se a descoberta do Carisma que fora reconhecido em 1895 pelo Bispo de Curitiba, Paraná, com o nome de Filhas da Imaculada Conceição.
Na oração litúrgica da Igreja é pedido a Deus para nós fiéis a virtude do serviço, motivado pelo amor, a qual mais brilhou no coração da virgem Paulina do Coração Agonizante de Jesus.
Santa Paulina, rogai por nós!

subprefeiturademandacaru
Copie o link este do Blog e faça uma visita para conhecer mais sobre a Subprefeitura de Mandacaru  - Casa Prof. José Marques - situada na Rua João Francisco de Lemos s/n
 https://subprefeituramandacaru2017.blogspot.com.br/2017/



IGREJA SÃO JOSÉ MANDACARU

* Evangelho (Mt 11,25-30) - Homilia Dominical com Pe Paulo Ricardo - 09/07/17



IGREJA SÃO JOSÉ MANDACARU

sábado, 8 de julho de 2017

* LITURGIA DIÁRIA

 Primeira Leitura (Gn 27,1-5.15-29)
Leitura do Livro do Gênesis.
1Quando Isaac ficou velho, seus olhos enfraqueceram e já não podia ver. Chamou, então, o filho mais velho Esaú, e lhe disse: “Meu Filho!” Este respondeu: “Aqui estou!” 2Disse-lhe o pai: “Como vês, já estou velho e não sei qual será o dia da minha morte. 3Toma as tuas armas, as flechas e o arco, e sai para o campo. Se apanhares alguma caça, prepara-me um assado saboroso, 4como sabes que eu gosto, e traze-o para que o coma, e assim te dar a bênção antes de morrer”.
5Rebeca escutava o que Isaac dizia a seu filho Esaú. Esaú saiu para o campo à procura de caça para o pai. 15Rebeca tomou, então, as melhores roupas que o filho mais velho tinha em casa, e vestiu com elas o filho mais novo, Jacó. 16Cobriu-lhe as mãos e a parte lisa do pescoço com peles de cabrito. 17Pôs nas mãos do filho Jacó o assado e o pão que havia preparado. 18Este levou-os ao pai, dizendo: “Meu pai!”
“Estou ouvindo”, respondeu Isaac. “Quem és tu, meu filho?” 19E disse Jacó a seu pai: “Eu sou Esaú, teu filho primogênito; fiz como me ordenaste. Levanta-te, senta-te e come da minha caça, para me abençoares”.
20Isaac replicou-lhe: “Como conseguiste achar assim depressa, meu filho?” Ele respondeu: “É o Senhor teu Deus que fez com que isso acontecesse”. 21Isaac disse a Jacó: “Vem cá, meu filho, para que eu te apalpe e veja se és ou não meu filho Esaú”.
22Jacó achegou-se a seu pai Isaac, que o apalpou e disse: “A voz é a voz de Jacó, mas as mãos são as mãos de Esaú”. 23E não o reconheceu, pois suas mãos estavam peludas como as do seu filho Esaú. Então, decidiu abençoá-lo. 24Perguntou-lhe ainda: “Tu és, de fato, meu filho Esaú?” Ele respondeu: “Sou”. 25Isaac continuou:
“Meu filho, serve-me da tua caça para eu comer e te abençoar”. Jacó serviu-o e ele comeu; trouxe-lhe depois vinho e ele bebeu. 26Disse-lhe então seu pai Isaac: “Aproxima-te, meu filho, e beija-me”. 27Jacó aproximou-se e o beijou. Quando Isaac sentiu o cheiro das suas roupas, abençoou-o, dizendo: “Este é o cheiro do meu filho: é como o aroma de um campo fértil que o Senhor abençoou! 28Que Deus te conceda o orvalho do céu, e a fertilidade da terra, a abundância de trigo e de vinho. 29Que os povos te sirvam e se prostrem as nações em tua presença. Sê o senhor de teus irmãos, e diante de ti se inclinem os filhos de tua mãe. Maldito seja quem te amaldiçoar, e quem te abençoar, seja bendito!”

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 SALMO 134
Responsório (Sl 134)
— Louvai o Senhor, porque é bom!
— Louvai o Senhor, porque é bom!
— Louvai o Senhor, bendizei-o; louvai o Senhor, servos seus, que celebrais o louvor em seu templo e habitais junto aos átrios de Deus!
— Louvai o Senhor, porque é bom; cantai ao seu nome suave! Escolheu para si a Jacó, preferiu Israel por herança.
— Eu bem sei que o Senhor é tão grande, que é maior do que todos os deuses. Ele faz tudo quanto lhe agrada, nas alturas dos céus e na terra, no oceano e nos fundos abismos.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Evangelho (Mt 9,14-17)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 14os discípulos de João aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Por que razão nós e os fariseus praticamos jejuns, mas os teus discípulos não?” 15Disse-lhes Jesus: “Por acaso, os amigos do noivo podem estar de luto enquanto o noivo está com eles? Dias virão em que o noivo será tirado do meio deles. Então, sim, eles jejuarão.
16Ninguém põe remendo de pano novo em roupa velha, porque o remendo repuxa a roupa e o rasgão fica maior ainda. 17Também não se põe vinho novo em odres velhos, senão os odres se arrebentam, o vinho se derrama e os odres se perdem. Mas vinho novo se põe em odres novos, e assim os dois se conservam”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 SANTO DO DIA

Santo Eugênio zelou pela salvação das almas com dedicação

Santo EugênioUm dado importante é que de cada três Papas, praticamente, um foi oficialmente declarado santo. Assim aconteceu com Santo Eugênio, que se tornou para a Igreja o homem certo para o tempo devido. Eugênio III nasceu no fim do século XI, em Pisa na Itália e, depois de ordenado, consagrou-se a Deus como sacerdote, até que abandonou todas suas funções para viver como monge.
O grande reformador da vida monástica – São Bernardo – o acolheu a fim de ajudá-lo na busca da santidade, assim como no governo da Igreja, pois inesperadamente o simples monge foi eleito para sucessor na Cátedra de Pedro. A Roma da época sofria com a agitação de Arnaldo de Bréscia, que reclamava instituições municipais com eleições diretas dos senadores, talvez por isso chegou a impedir a ordenação e posse de Eugênio, já que tinha sido eleito pelo Espírito Santo numa instituição de origem divina.
O Papa Eugênio teve muitas dificuldades no governo da Igreja, tanto assim que, teve de sair várias vezes de Roma, mas providencialmente aproveitou para evangelizar em outras locais como Itália e França. Além de promover quatro Concílios e lutar pela restauração dos santos costumes, Santo Eugênio zelou pela salvação das almas, com tanta dedicação, que passou por inúmeros sofrimentos.
Santo Eugênio, rogai por nós!



IGREJA SÃO JOSÉ MANDACARU

terça-feira, 2 de maio de 2017

* Ecerramento da Festa de São José em Mandacaru

No Encerramento da Festa de São José em Mandacaru de Gravatá no Domingo houve às 
- 19/03 6h - Alvorada Festiva
12h - Repique de Sinos e Girandola
17h - Solene Procissão
Saindo de Antônio Josino - Sítio Boa Vista
18h30min - Celebração Eucarística de Encerramento
da Festa de São José
Celebrante: Pe Bosco
Animação: Coral: São José
Entrega da Bandeira aos juízes da Festa 2018
Show Pirotécnico.
A imagem pode conter: árvore, céu e atividades ao ar livre 
A imagem pode conter: céu, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé, céu e atividades ao ar livre
 A imagem pode conter: 2 pessoas, céu e atividades ao ar livre 

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé 
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, céu e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé, multidão, céu e atividades ao ar livre 
 A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas em pé e noite

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

 A imagem pode conter: 8 pessoas, noite

 A imagem pode conter: 4 pessoas
A imagem pode conter: 15 pessoas, multidão 
A imagem pode conter: 5 pessoas, noite 
A imagem pode conter: 3 pessoas, multidão e noite

A imagem pode conter: 6 pessoas

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área interna

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área interna

A imagem pode conter: 8 pessoas, multidão e noite

A imagem pode conter: 2 pessoas

A imagem pode conter: 11 pessoas, noite

A imagem pode conter: 10 pessoas, multidão e noite

 A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, casamento e área interna
A imagem pode conter: 12 pessoas, multidão

A imagem pode conter: 4 pessoas, casamento e área interna 

A imagem pode conter: 4 pessoas, casamento e área interna

A imagem pode conter: 1 pessoa, flor

A imagem pode conter: 1 pessoa

 A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé e área interna

A imagem pode conter: 8 pessoas, multidão

A imagem pode conter: 1 pessoa

 A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
A imagem pode conter: 6 pessoas, multidão e noite

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 8 pessoas, multidão e noite 
 A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé e área interna
A imagem pode conter: 8 pessoas, multidão e noite

A imagem pode conter: flor

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e área interna
 A imagem pode conter: planta















IGREJA SÃO JOSÉ MANDACARU

COMO VOCÊ DEVE REZAR O TERÇO DIARIAMENTE

Rezando o Terço


Orações do Terço


Sinal da cruz (é uma profissão de fé no mistério da Santíssima Trindade).

Em nome do Pai do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Oração preparatória
Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado, e renovareis a face da terra.
Oremos: Ó Deus, que iluminais os corações dos vossos fiéis com as luzes do Espírito Santo, concedei-nos que no mesmo Espírito saibamos o que é reto e gozemos sempre de suas consolações. Por N.S.J.C.



Oferecimento do Terço

Divino Jesus, nós Vos oferecemos este terço que vamos rezar, meditando nos mistérios da Vossa Redenção. Concedei-nos, por intercessão da Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe, as virtudes que nos são necessárias para bem rezá-lo e a graça de ganharmos as indulgências desta santa devoção.

O Credo
Creio em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado. Desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos; creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.

Pai-Nosso
Pai-Nosso que estais nos céus, santificado seja vosso nome, venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoanmos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

Ave Maria
Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém.

Glória ao Pai
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém

Jaculatória
Óh! meu bom Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno. Levai as almas todas para o céu e socorrei principalmente as que mais precisarem da vossa misericórdia.

Agradecimento do Terço
Infinitas graças vos damos, Soberana Rainha, pelos benefícios que todos os dias recebemos de vossas mãos liberais. Dignai-vos agora e para sempre tomar-nos debaixo de vosso poderoso amparo e para mais vos agradecer vos saudamos com uma Salve Rainha....

Salve Rainha
Salve, Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva. A vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois, advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa, ó doce e sempre Virgem Maria. Rogai por nós, Santa Mãe de Deus. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém


Mistérios Gozosos (segunda e sábado)


1° Mistério


Anunciação do Arcanjo São Gabriel à Virgem Maria
" Ave, Cheia de graça, o Senhor é contigo..." (Lc 1,28-38)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

2° Mistério


A visita de Maria à sua prima Santa Isabel.
" De onde me vem a felicidade de que a Mãe do meu Senhor me visite!" (Lc 1,43)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

3° Mistério


Nascimento de Jesus na gruta de Belém.
" O verbo se fez carne e habitou entre nós." (Jo 1,14)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

4° Mistério


Apresentação do Menino Jesus no Templo.
" Eis que este Menino está destinado para ser sinal de contradição" (Lc 2,34)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

5° Mistério


O encontro do Menino Jesus no Templo.
" Por que me procurás? Não sabéis que devo ocupar-me com as coisas de meu Pai? " (Lc 2,49)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

Mistério da Luz ou Luminoso (quinta-feira)


1° Mistério

Jesus no seu Batismo no Jordão
" Jesus foi ao Jordão ter com João, a fim de ser batizado por ele" (Mt 3,13-16)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

2° Mistério


Jesus na Sua auto-revelação na Bodas de Caná.
" ...Fazei o que ele vos disser."... "Enchei as talhas de água." Eles encheram-nas até em cima. "Tirai agora, disse-lhes Jesus, e levai ao chefe dos serventes."..." (Jo 2,1-12)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

3° Mistério


Jesus no Seu anúncio do Reino de Deus e com o convite à conversão.
" Completou-se o tempo e o Reino de Deus está próximo; fazei penitência e crede no Evangelho" (Mc 1,15-15)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

4° Mistério


Jesus na Sua Transfiguração.
" ... Enquanto orava, transformou-se o seu rosto e suas vestes tornaram-se replandecentes de brancura..."" (Lc 9,28-36)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

5° Mistério

Jesus na instituição da Eucaristia, expressão Sacramental do Mistério Pascal.
" Tomai e comei, isto é meu corpo" (Mt 26,26-29)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

Mistérios Dolorosos (terça e sexta-feira)


1° Mistério


A agonia de Jesus no Horto das Oliveiras.
" Vigiai e orai para não cairdes em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca." (Mc 14,38)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:


2° Mistério


A flagelação de Jesus.
" Então Pilatos mandou prender e flagelar Jesus." (Jo 19,1)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:


3° Mistério


Jesus é coroado de espinhos.
" Teceram uma coroa de espinhos e puseram-na sobre sua cabeça dizendo: Salve, rei dos judeus." (Mc 15,17-18)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:


4° Mistério


Jesus carrega a Cruz para o Monte Calvário.
" Se alguém quiser vir comigo, renuncie-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me." (Mt 16,24)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:


5° Mistério


A crucificação, sofrimento e morte de Jesus.
" Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito!" (Lc 23,46)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:


Mistérios Gloriosos (quarta-feira e domingo)


1° Mistério


A ressurreição de Jesus.
" Não temais! Sei que procurais Jesus crucificado. Não está aqui, porque ressuscitou como havia predito." (Mt 28,5-6)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:


2° Mistério

A ascensão de Jesus aos Céus.
" E, enquanto os abençoava, foi-se afastando deles, e subindo para o céu." (Lc 24,51)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

3° Mistério


A descida do Espírito Santo.
" Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas." (At 2,4)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

4° Mistério


A assunção de Maria Santíssima aos Céus.
" Fez em mim grandes coisas o Todo-Poderoso." (Lc 1,49)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai... e Jaculatória:

5° Mistério


Coroação de N. Sra. como Rainha do céu e da terra.
" Apareceu um grande sinal no céu: uma mulher vestida de sol, com uma coroa de doze estrelas." (Ap 12,1)
Reza-se aqui:
Pai Nosso...; Dez Ave-Maria...; Glória ao Pai...; Jaculatória; Agradecimento e Salve Rainha

Bíblia Católica Online


Conheça a Bíblia Sagrada neste site abaixo

Leituras do dia

Desde seus primórdios, a Igreja cristã propôs a seus fiéis ritmos de oração destinados a uma progressão contínua. Assim, o Ano Litúrgico revive em nós a realidade do Mistério de Cristo.

O Ano Litúrgico é, portanto, um calendário religioso que contém as datas dos acontecimentos da História da Salvação.

De acordo com esse calendário religioso, leia abaixo as leituras propostas pela Igreja para o dia de hoje.


Bíblias:

MAPA DA ÁREA PASTORAL BEATO JOÃO PAULO II

MAPA DA ÁREA PASTORAL BEATO JOÃO PAULO II
PARÓQUIA DE SANT'ANA - GRAVATÁ - DIOCESE DE CARUARU - PE

DIVISÃO DA ÁREA PASTORALÁREA PASTORAL BEATO JOÃO PAULO II - MANDACARU



* Distrito de Mandacaru - Igreja São José


  • - Vila de São Severino de Gravatá (Ruinha) - Igreja São Severino
  • - Sítio Brejo Grande
  • - Sítio Cadeeiro I - Igreja Mãe Rainha
  • - Sítio Candeeiro II
  • - Sítio Coelhos
  • - Sítio Ipecacuanha - Igreja São José Operário
  • - Sítio Jatobá (Cruzeiro do Século 1999/2000)
  • - Sítio Sarampo
  • * Distrito de Uruçu Mirim - Igreja Espírito Santo
  • - Sítio Carangueijo
  • - Sítio Locas
  • - Sítio Palmeiras
  • - Sítio Penon
  • - Sítio Riachão
  • - Blog - http://igreja-saojosemandacaru.blogspot.com.br/

Paróquia Sant’Ana (1857)

02 FEVEREIRO 2015 ------------------------------------------ Rua Cleto Campelo 65 - Centro 55645-000 Gravatá - PE Fone: (81) 3533-1069 / Sec. (81) 3533-0556 Pároco:Pe. João Paulo Gomes Pe. Heleno José Vieira: Capelão do Colégio Diocesano de Caruaru e Colaborador em Gravatá Colaborador: Diácono Gilvan Ferreira da Costa Filho ------------------------------------------ Comunidades Urbanas: Matriz Nossa Senhora Aparecida Nossa Senhora da Conceição Nossa Senhora de Fátima Instituto Nossa Senhora de Lourdes ODIP (Salesianas). ------------------------------------------------ Comunidades Rurais: Volta do Rio Riacho do Mel ------------------------------------------------ Paróquia Nossa Senhora das Graças Rua João Inácio Santos, 4239 - Santo Antônio 55642-745 Gravatá-PE Fone: (81) 3533-8195 Administrador da Área: Pe. Adenilton Moisés da Silva Colaborador: Diácono Filipe Cavalcante Brito Comunidades Urbanas: Nossa Senhora das Graças Vila da Fraternidade – São Vicente dePaulo-Rua do Prado Santo Francisco Xavier (Abrigo VicenteSoares) Capela particular Menino Jesus de Praga (Vila Alpina). ---------------------------------------------------- Comunidades Rurais: Casa Nova I e II Condomínios (Ebenezer e outros) Santo Antônio(Lagoa Queimada) Santa Luzia (Lagoa do Costa) Igreja NossaSenhora das Dores (Maria Izabel) Nossa Senhora de Lourdes(Russinha) Telha Branca São Sebastião (Avencas) Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Avencas de Cima) Maria Auxiliadora(Várzea Grande I) Nossa Senhora do Carmo (Várzea Grande II ) Nossa Senhora da Conceição (Cotunguba) Caruá. ------------------------------------------------------- Área Pastoral Nossa Senhora de Lourdes Rua João Vieira de Melo 19 - Bairro Novo 55640-000 Gravatá-PE Fone: (81) 3533-4865 Administrador da Área: Pe. Fernando de Lima Silva ------------------------------------------------------ Comunidades Urbanas: Nossa Senhora de Lourdes Sagrado Coração de Jesus (Cohab II) São Sebastião (Amauri de Medeiros) Cristo Rei (Cruzeiro) São Pedro (Bairro Novo) Maria Menina (Bairro Novo) São Vicente de Paulo (Caixa d´Aguá). --------------------------------------------------- Comunidades Rurais: Nossa Senhora da Conceição (Limeia) Santa Luzia(Retiro Saudoso) Camocim Capela particular Santo Antônio(Caxito) Nossa Senhora da Conceição (Titara) Nossa Senhora dasGraças (Brejo Velho) São Mateus (Capela Particular) NossaSenhora da Conceição (em andamento - CAIC) Santo Expedito (emandamento - Riacho do Mel) ------------------------------------------------- ÁREA PASTORAL BEATO SÃO JOÃO PAULO II DISTRITOS DE: Mandacaru, São Severino e Uruçu-Mirim - Gravatá - PE Colaborador da Área: Claudemir de Sena Nascimento e Colaborador da Paróquia de Sant’Ana (Gravatá) e Comissão Diocesana de Liturgia. ------------------------------------------------ Comunidades: Igreja de São José (Mandacaru) Igreja Mãe Rainha (Candeeiro I) Igreja Nossa Senhora do Carmo (Brejo Grande) Igreja São José Operário (Sírio Ipecacuanha) Igreja do Espírito Santo (Uruçu Mirim) Igreja São Severino (Distrito de São Severino)-(Ruinha) Igreja do Sítio Palmeira Nossa Senhora Aparecida (Candeeiro II) Nossa da Conceição (Sítio Jatobá) Sairé Sítio Alto do Caboclo Sítio Penon Sítio Sarampo . Riacho Seco Alto do Caboclo Olhod’água. ------------------------------------------------------ Área Pastoral São Paulo Apóstolo Rua José Gomes da Rosa 76 - Prado 55642-065 Gravatá-PE E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. Administradores da Área:Pe. Belmiro Humberto / Pe. Gilvan Ananias ------------------------------------------------------ Comunidades Urbanas: São Paulo Apóstolo Canção Nova Sagrada Família (Hotel CasaGrande) Nossa Senhora da Conceição (Alpes Suíços) Serra doMaroto São Paulo Apóstolo I (Futura São Francisco de Assis) SãoJosé Santa Luzia Nossa Senhora Auxiliadora (capela do Portal deGravatá). ------------------------------------------------------- Comunidades Rurais: Lagoa do Fernando Esquerdo Serra das Caraíbas Pedra MiúdaCarapotós de Cima Carapotós de Baixo Assentamento SantoAntônio (salão grande) Assentamento Nossa Senhora das Graças Lot. Santana Condomínio Colonial INN (com capela particular) Pedra Miúda Sítio Caroá